Imprimir

A Instituição


Malvina Silveira, mãe de três filhos deficientes mentais, após períodos de tratamento em outros espaços, resolveu criar com outras mães um centro de tratamento especializado em recuperação neurológica. Em Agosto de 1969 com este grupo de pais fundou o Instituto Consuelo Pinheiro, na rua Flack nº 81, no bairro do Riachuelo. A base do tratamento era através do método Doman-Delacato. A professora Consuelo Pinheiro foi a precursora no Rio de Janeiro deste método, em homenagem a ela seu nome foi dado a Instituição. Como símbolo o ICP tem o desenho de três crianças de mãos dadas, o qual representa a família, a primeira célula social de cada ser.

Após 1981 uma nova equipe começou a gerir o Instituto e progressivamente foi ampliando seu atendimento de assistência social para outros tipos de público. De lá para cá o ICP já prestou atendimento a crianças e adolescentes que estavam desenvolvendo trabalho infantil, ou que se encontravam em situação de risco social, ex-presidiários, idosos e já atendeu em regime de creche para crianças de 2 a 3 anos e 11 meses em sua unidade do Lins de Vansconcelos, na rua Baronesa de Uruguaiana nº 148.

Hoje o ICP continua desenvolvendo seu trabalho com crianças e adolescentes em situação de risco e juntamente com os deficientes intelectuais, que nunca deixou de atender, pois é esta sua missão, o ICP tem entre 500 usuários, além de seus familiares, sempre mantendo seu compromisso de oferecer a todos os seres humanos que necessitem: educação, saúde, cultura, esporte e lazer.